Archive for músicas

Compassos

Posted in acasos with tags , , on May 6, 2009 by teresa

Dança Silenciosa

Como uma música acelerada que, a pouco e pouco, se vai fazendo ouvir por entre os compassos de uma balada, assim é o jogo das relações sociais. À primeira vista, um fado não fica bem no meio de uma disco, mas, quando bem misturados, poderão dar a música mais bela de todas.

É preciso tacto para não se deixar perder o ambiente criado por um fado, pela sua história, e para manter o ritmo marcado de uma música de dança. É preciso escutar atentamente cada uma e perceber em que partes poderão combinar, em que partes se completam. A mistura não deverá ser demasiado brusca que pareça uma invasão à sonoridade de cada uma, nem demasiado lenta que acabe por confundir as duas músicas num emaranhado de sons desagradável, sem ritmo.

O conjunto tem de ser fluído, de tal maneira que os dois se fundam num só, sem esquecer as suas origens. Fado sem emoção deixa de o ser. Dance music sem batida espanta a vontade de dançar.

A arte de saber misturar diferentes ritmos, culturas, vozes, emoções, diferentes músicas, é um privilégio de alguns. A maior parte das vezes, os diferentes compassos não se acertam, deixando passar o momento ideal, ou esperando eternamente pelo ritmo perfeito para se juntarem, sem saberem que isto de juntar músicas tem o seu ´q´ de ouvido, mas também tem o seu ´q´ de experimentação.

Nunca se sabe se uma música é perfeita antes de a escutar.

[Na foto, a Lúcia, a sobrinha de três anos:P]
Advertisements

Introdução..

Posted in acasos with tags on January 11, 2009 by teresa

[Tindersticks – “Introduction”]

..a alguma coisa..

Mais música!

Posted in acasos with tags on December 4, 2008 by teresa

[Cat Power – Wild is the wind]

Na playlist…

Posted in acasos with tags on November 26, 2008 by teresa

cocorosie-lamaisondemonrêve

incontornável

Posted in acasos with tags , on November 19, 2008 by teresa

two things i know how to do
one is to dream

Dreamer – The Postmarkers
[original de Tom Jobim]

Posted in acasos with tags on November 6, 2008 by teresa

Minha passagem para o breve, breve instante de loucura